Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

Série Relatos Extraterrestres: observação de OVNI por tripulação de aeronave militar

C-115 Búfalo semelhante ao envolvido no caso

Em 26 de agosto de 1980, dois integrantes da tripulação de uma aeronave C-115, da Força Aérea Brasileira, avistaram um objeto voador não identificado – OVNI no percurso entre Santa Maria (RS) e a Base Aérea dos Afonsos (RJ). Segundo o relato oficial, um dos membros da tripulação observou uma luz amarela brilhante deslocando-se em direção à aeronave. Após alertar o controle de voo do Rio de Janeiro, foi informado de que não havia outra aeronave nas imediações. Como o piloto percebeu a iminência de colisão, fez uma manobra evasiva rápida para a direita. Segundo o autor do relato, para “evitar especulações”, ele comentou com os demais integrantes da tripulação de que deveriam ter sofrido “fenômeno ótico de refração de luz solar poente”. No entanto, a aparição não foi elucidada. As informações detalhadas foram prestadas em um informe confidencial enviado ao Chefe do Estado-Maior do III Comando Aéreo Regional.

Na imagem, ilustração que integra o…

Nick Pope fala sobre a foto de UFO mais espetacular enviada ao Ministério da Defesa britânico

Recriação da foto considerada a melhor imagem de um UFO recebida pelo MoD

Ex-funcionário responsável pelo Projeto UFO e atuando em prol do desacobertamento de informações descreve detalhes inéditos sobre a imagem

Nick Pope comandou o Projeto UFO de investigação oficial de discos voadores do Ministério da Defesa britânico (MoD) entre 1991 e 1994. Inicialmente, ao ser designado para o cargo, considerou que este não seria bom para sua carreira devido ao ridículo com que a questão ainda é tratada. Contudo, conforme o tempo passava, Pope se deu conta de que algo muito importante e sério estava ocorrendo nos céus do país, e essa mudança pode ser representada por uma imagem. A foto mostrava um objeto com formato de diamante sendo escoltado ou perseguido por um caça Harrier da Real Força Aérea (RAF), e emoldurada como um pôster, afixado na parede próxima a sua mesa.

É o próprio Nick Pope que afirma: "Travei contato com essa história em 1991, quando entrei no Projeto UFO. O pôster, dizia…

Este incrível esqueleto de criança neandertal oferece pistas da evolução humana

Ele tinha apenas sete anos e meio quando morreu cerca de 49.000 anos atrás, um menino de Neanderthal saudável cuja causa da morte permanece um mistério. Uma análise de seu esqueleto bem preservado está fornecendo novas perspectivas sobre como esses humanos extintos se desenvolviam e amadureciam, revelando um longo período de crescimento em certos aspectos em comparação com os humanos modernos.

Como seres humanos modernos (Homosapiens), os neandertais (Homoneanderthalensis) levavam muito tempo para amadurecer até a idade adulta, mas devido às suas características físicas distintivas – como uma caixa craniana maior e um corpo mais largo – eles exibiam alguns padrões de crescimento incomuns, de acordo com a análise de um esqueleto encontrado em El Sidrón, caverna no noroeste da Espanha, publicado hoje na revista Science. Especificamente, o esqueleto sugere que os cérebros e colunas vertebrais do homem de Neandertal demoravam um pouco mais para crescer em comparação com os humanos modern…

Konstantin Tsiolkovsky

Surdo, pobre, isolado e ignorado, ele desenvolveu todos os princípios científicos que levariam à conquista do espaço

Dizem que no espaço ninguém ouve você gritar. Bem, isso certamente era verdade para o pai das viagens espaciais, que desde criança era praticamente surdo.

Konstantin Tsiolkovsky tinha tudo para ser sido ninguém. Filho de um polonês exilado na Rússia por suas atividades revolucionárias, ele contraiu escarlatina aos 9 anos. Recuperou-se da doença, mas perdeu praticamente toda a audição.

Em razão dessas circunstâncias, ele foi recusado por todas as escolas da região. Teve de aprender tudo sozinho. Quando jovem, passou a frequentar uma biblioteca e, livre dos preconceitos que professores poderiam lhe impor, construiu sua própria formação.

Inspirado em parte pela ficção de Júlio Verne, Tsiolkovsky decidiu dedicar sua mente ao desenvolvimento dos transportes aeroespaciais. A começar por um dirigível com uma estrutura metálica – um precursor do zepelim. Seu primeiro plano par…

A equação mais instigante do Universo

Ela é a capaz de prever o número de civilizações inteligentes na Via Láctea. Conheça a história da equação de Drake.

Por Salvador Nogueira

Só existem duas possibilidades existem: ou estamos sozinhos no Universo ou não estamos. Ambas são igualmente assustadoras. (ARTHUR C. CLARKE)

Em novembro de 1961, um grupo de 11 cientistas brilhantes se reuniu em Green Bank, na Virgínia Ocidental, Estados Unidos, para discutir um tema no mínimo pouco ortodoxo: “vida extraterrestre inteligente”. O evento foi proposto por J. Peter Pearman, da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, para “examinar, à luz do conhecimento atual, as perspectivas de existência de outras sociedades na galáxia com as quais comunicações poderiam ser possíveis; tentar estimar seu número; considerar alguns dos problemas técnicos envolvidos no estabelecimento de comunicação; e examinar modos pelos quais nossa compreensão do problema possa ser melhorada”.

Apesar do caráter informal e do pequeno número de participantes…

Dicas para fotografar as estrelas

Geralmente, fotografar estrelas é uma experiência espetacular. Registrar o céu é lindo e você pode fazer isso com sua DSLR.

Os fotógrafos Ricardo Takamura e Ibán Mulero trazem algumas dicas de como você pode fotografar estrelas de um jeito acessível.

Olha só!

====================

A luz das estrelas que vemos no céu levou milhares de anos viajando pelo universo até chegar à Terra.

Ao olharmos para o céu, estamos tendo um vislumbre de incontáveis anos e, quando apontamos para ele as nossas câmeras, que são mais sensíveis à luz que os nossos olhos, elas nos permitem enxergar além do que podemos registrar a olho nu.

Literalmente, fotografar as estrelas é revelar muito mais luzes e detalhes do que nossos olhos podem ver.


Foto: Ibán Mulero – Canon 5D Mark II – EF 24-105mm f4L IS II USM – f/4 – 30seg – ISO: 3200

Para se ter uma ideia, em um mundo cada vez mais luminoso por causa das cidades, um terço da população mundial não consegue mais enxergar o céu estrelado como ele realmente é. Nós s…

Simulação de viagem a Marte libera confinados depois de oito meses

Antes que Elon Musk, Jeff Bezos e outros entusiastas do espaço possam enviar humanos para Marte com a mesma facilidade de uma entrega da Amazon Prime, precisamos descobrir como as pessoas vão se sair em um planeta estranho. Por sorte, a NASA e a Universidade do Havaí estão em cima disso, financiando várias iterações bem-sucedidas de um experimento chamado “Hawaii Space Exploration Analog and Simulation” (HI-SEAS), em que uma tripulação de “astronautas” vive em condições similares às de Marte em uma cúpula em um vulcão havaiano. No domingo (17), o quinto esforço da Hi-SEAS chegou ao fim, o que significa que uma equipe de seis “astronautas” deixou o conforto de sua bolha para cumprimentar o inferno que é a Terra no momento.

A tripulação entrou na cúpula em 19 de janeiro deste ano. Ao longo de sua estadia pseudomarciana, a equipe se alimentou de comida não-perecível (e alguns vegetais plantados em um laboratório) e viveu em quartos extremamente apertados (111 metros quadrados). Sendo ju…

A despedida da Cassini na visão de quem trabalhou na missão

Na manhã da última sexta-feira (15), a espaçonave Cassini, da NASA, mergulhou na atmosfera de Saturno, com um breve brilho de sua vaporização marcando o fim de uma missão de 13 anos. Mas foram necessárias pessoas para tornar esse pedaço de alumínio e silício em uma extensão de nossa curiosidade.

Nos dias que precederam o adeus da Cassini, conversei com engenheiros e cientistas nas mesas de madeira que permeiam o centro comercial do Laboratório de Propulsão a Jato e nos jardins repletos de sabedoria nas cercanias da Caltech. Pessoas por trás da missão da Cassini, que guiaram a espaçonave desde o conceito até a conclusão. Elas são o coração, o cérebro e a alma coletivos que transformar suas medições em dados. De veteranos de missões de 27 anos de duração a novos contratados nos últimos meses, todos eles compartilhavam reações de orgulho, exaustão e tristeza quando diante do Grand Finale da Cassini.


Jonathan Lunine

“Fico me perguntando se minha musa está desaparecendo”, Jonathan Lunine …