Pular para o conteúdo principal

Postagens

Daniel Azulay observa uma esquadrilha de OVNIs

Caso clássico com centenas de testemunhas, ocorrido em várias cidades do estado do Paraná, no Brasil, no dia 6 de agosto de 1982.

Caso principal em Cascavel - PR com o desenhista e apresentador Daniel Azulay, da Turma do Lambe-Lambe. Depoimento inédito e desenho colorido do caso.

A artista plástica Sula Dray também fez uma concepção artística do episódio.



FONTE: Enigmas e Mistérios
Postagens recentes

Polícia de Lancashire ocupada com UFOs

Vista aéra de Lancashire, onde a polícia tem investigado vários casos de UFOs nos últimos anos

Força policial de cidade inglesa tem frequentemente despachado oficiais para investigar avistamentos de discos voadores pela população

A polícia de Lancashire, condado no noroeste da Inglaterra, tem investigado várias ocorrências ufológicas ultimamente. Nos dois últimos anos, por oito vezes oficiais foram enviados a fim de atender ao chamado de pessoas que foram testemunhas de avistamentos de UFOs. A direção da força policial, entretanto, afirma que em nenhuma ocasião encontrou provas da existência de alienígenas. Um dos casos se deu em Pendle Hill em 2015, onde testemunhas afirmam terem observado duas naves. No ano seguinte houve uma ocorrência similar em Blackpool.

Também 2015 os policiais atenderam uma ocorrência na localidade de Burnley, onde um UFO foi visto lançando um raio de luz. Buckshaw Village teve um incidente similar um ano antes, enquanto novamente em 2015 um UFO foi visto sob…

Swift mapeia "espiral da morte" de uma estrela em direção a buraco negro

Ilustrção da ruptura de maré ASASSN-14li.
Crédito: NASA/CXC/U. Michigan/J. Miller et al.; ilustração: NASA/CXC/M. Weiss

Há cerca de 290 milhões de anos atrás, uma estrela muito parecida com o Sol vagueou demasiado perto do buraco negro central da sua galáxia. As marés intensas rasgaram a estrela, o que produziu um surto de radiação visível, ultravioleta e raios-X que chegou à Terra em 2014. Agora, uma equipa de cientistas usou observações do satélite Swift da NASA para mapear como e onde estes vários comprimentos de onda foram produzidos no evento, denominado ASASSN-14li, enquanto os destroços da estrela desintegrada orbitavam o buraco negro.

"Descobrimos mudanças de brilho em raios-X que ocorreram cerca de um mês após alterações semelhantes no visível e no ultravioleta," comenta Dheeraj Pasham, astrofísico do MIT (Massachusetts Institute of Technology) em Cambridge, EUA, investigador principal do estudo. "Achamos que isso significa que a emissão ótica e ultravioleta s…

Marte tem anéis? Hoje não, mas poderá ter um dia

Uma nova teoria por cientistas da Universidade Purdue afirma que a lua marciana Fobos poderá eventualmente desintegrar-se, formando um anel em redor do Planeta Vermelho. Os cientistas financiados pela NASA teorizam que esta formação de anéis já aconteceu antes e que à medida que as luas se fragmentam, algum do material cai para a superfície, como pode ser visto na imagem.
Crédito: Centro Envision da Universidade Purdue

Em crianças, aprendemos algumas características dos planetas do nosso Sistema Solar - Júpiter é o maior, Saturno tem anéis, Mercúrio é o mais próximo do Sol. Marte é vermelho, mas é possível que um dos nossos vizinhos mais próximos também tenha tido anéis no seu passado e que possa vir a ter novamente algum dia.

Essa é a teoria apresentada por cientistas financiados pela NASA da Universidade Purdue, em Lafayette, no estado norte-americano do Indiana, cujos achados foram publicados na revista Nature Geoscience. David Minton e Andrew Hesselbrock desenvolveram um modelo q…

Os humanos precisarão modificar seus corpos para sobreviver em Marte?

Viver no espaço – particularmente em Marte – é algo que fascina a nossa espécie há décadas. Recentemente, o fundador da SpaceX, Elon Musk, decidiu que iria colocar muita grana num plano para colonizar o Planeta Vermelho. A NASA também tem planos com sua “Jornada a Marte” em 2030. Há muitas outras iniciativas e planos mais obscuros para colonizar Marte, liderados por celebridades, bilionários e até mesmo os Emirados Árabes.

Mas existe uma grande diferença entre colocar os pés em Marte e construir uma base de longo prazo num outro planeta. Em relação à colonização humana de Marte, há uma série de preocupações – em particular, como os humanos iriam lidar, tanto fisicamente quanto psicologicamente, com um ambiente tão severo? Num estudo publicado recentemente no periódico Space Policy, Konrad Szocik, cientista de cognição da Universidade de Tecnologia da Informação e Gerenciamento em Rzeszow, na Polônia, aponta que mandar astronautas para viver um tempo na Estação Espacial Internacional …

A primeira nave espacial europeia para Júpiter vai fazer uma rota maluca

Dizem que a menor distância entre dois pontos é uma linha reta, mas para JUICE, uma sonda espacial europeia a caminho de Júpiter que será lançada em 2022, a rota mais rápida vai envolver uma jornada bem complicada envolvendo quatro ajudas gravitacionais de três planetas diferentes.

Anunciada em 2012, a Jupiter Icy Moons Explorer, ou JUICE, será lançada, em junho de 2022, de Kouron, na Guiana Francesa. A nave espacial chegará a Júpiter depois de uma jornada de sete anos, na qual durante 3,5 anos seus dez instrumentos de ponta vão explorar a atmosfera do turbulento gigante gasoso, sua enorme magnetosfera, seus anéis quase invisíveis e seus satélites. Ao final da missão, JUICE vai entrar na órbita de Ganímedes e virar a primeira nave espacial a orbitar um satélite natural que não seja a lua da Terra.

JUICE representa a primeira missão europeia para Júpiter (ou qualquer um dos planetas externos do sistema solar). Atualmente, a sonda espacial Juno, da NASA, está orbitando Júpiter, mas foc…

Estas estrelas tiveram o divórcio mais conturbado da galáxia

As brigas matrimoniais de estranhos há muito tempo intrigam nossa degenerada espécie. É um tópico que não envelhece, que mantém vivas várias revistas, mesmo que nenhum dos detalhes das histórias seja real. Mas o que maior parte das pessoas não sabe é que as celebridades (e os plebeus) não são as únicas que se divorciam — às vezes, isso acontece com as estrelas também.

Cerca de 540 anos atrás e a aproximadamente 1.344 anos-luz da Terra, um aglomerado de estrelas dentro da nebulosa de Órion teve um divórcio bem feio. Um incidente desconhecido mandou duas estrelas para direções diferentes, em alta velocidade. Embora os astrônomos tenham observado essas estrelas desobedientes há décadas, rastreando-as até o local que compartilhavam há 540 anos, algo sobre a situação não parecia certo. Em primeiro lugar, sua energia combinada não parecia suficiente para separá-las em velocidades tão altas. Agora, cientistas usando o telescópio Hubble descobriram uma terceira estrela “em fuga” que poderia …